Floresta de Luz

(Fotografias: Junta de Freguesia de Matosinhos-Leça da Palmeira)

 

Archivum Secretum 2011-2019

Mortuus repono 2019

Fotografia intervencionada
com cianotopia
Prova única

Caixa de madeira
intervencionada com folha
de ouro

Floresta de Luz
Exposição individual

25 de julho 2019
Salão Nobre Guilherme Pinto
Matosinhos

 

Reflexão

O arquivo estabelece que somos diferença, que a nossa razão é a diferença dos discursos, a nossa história, a diferença dos tempos, o nosso eu, a diferença das máscaras. Que a diferença, longe de ser esquecida e recoberta, é essa dispersão que somos e que fazemos”.Foucault, Michel (1969), A Arqueologia do Saber: Almedina, 2005.

O arquivo complementa a nossa existência. Enquanto eternos colectores de algo – objectos, fotografias, memórias – procuramos deixar um registo visível e que se perpetue para além da nossa existência. Por outro lado, a massificação da máquina fotográfica traz novos paradigmas: a desvalorização da fotografia enquanto especialidade, e uma sociedade virada para a imagem. Com a emergência das redes sociais, estas tendências fundem-se e elegem a fotografia como uma nova matéria-prima consumida pelas massas. Neste ciclo, acaba por cada vez mais se questionar o que é a fotografia verdadeira, original e autoral. Em Archivum Secretum 2011-2019, o artista procura juntar dois tipos de técnicas. Munindo-se do seu próprio arquivo fotográfico, combina registos ocasionais de árvores, ao longo do seu percurso, com apontamentos em cianótipo. Estes últimos, produto eles próprios da combinação de fórmulas químicas, sensíveis aos raios ultra-violeta, com desperdícios humanos e da própria natureza, os retratos azuis assumem o papel de raíz ou espectro escondido no interior da matéria fotografada, imprimindo em cada elemento da série um carácter único e irreproduzível.  Esta junção de realidades monocromáticas é complementada por Mortuus repono, 2019, um objecto precioso descoberto de modo imprevisto. Um cofre folheado a ouro protege o registo obsessivo de uma mesma planta, através de múltiplas micro- cianotipias e de um fragmento da natureza que já não se encontra viva, dentro de um pendente de prata. A verdadeira relíquia para cada um dependerá das suas próprias experiências e reflexões…

 

Folha de sala
Poster

 

Obra
Archivum Secretum 2011-2019, 2019
Mortuus repono, 2019